15/06/2016

HERÓIS INDEFESOS #9 - Kilgrave - João F.


Fala, meu povo! O bloco Heróis Indefesos de hoje é dedicado a um vilão que não é muito conhecido, mas não deixa de ser perigoso. Eu, particularmente, diria que é um dos personagens mais interessantes já criados. Sua aparição no seriado Marvel - Jessica Jones como o grande vilão chamou bastante atenção. Isso mesmo! Estamos falando do Kilgrave, conhecido como Purple Man (Homem Púrpura) nos quadrinhos.


ATENÇÃO: Esta análise contém spoilers de “Marvel – Jessica Jones”. Para quem não assistiu, siga por sua conta e risco!



 Marvel – Jessica Jones se mostrou uma série diferente ao inovar com o suspense psicológico em seu enredo. Isso se deve especialmente ao dilema que a personagem-título enfrenta, ao lidar com um vilão que pode controlar as mentes das pessoas, fazendo-as de suas marionetes. Ele é conhecido apenas por Kilgrave, e deixou marcas profundas no passado de Jessica, que ainda carrega traumas da passagem dele em sua vida. David Tennant (Peter Vincent no remake de A hora do Espanto) mostra uma atuação simplesmente brilhante, mesmo com algumas diferenças em relação aos quadrinhos.
  Falando nisso, é notório que os vilões da Marvel geralmente são adaptados para o cinema de forma bastante diferente dos quadrinhos. O Kilgrave não escapa dessa, mas diferente da maioria dos antagonistas dos filmes, ele não deixa de ser tão perigoso quanto ao original. Como já mencionado, nas HQs ele é conhecido como Purple man, e foi criado pelos mestres Stan Lee e Joe Orlando por volta de 1964, aparecendo como inimigo do Demolidor. Seus dons são os mesmos adaptados para a TV, com apenas uma diferença: sua pele realmente tem coloração roxa, o que leva ao nome Homem Púrpura. 



  Como isso aconteceu? Bem, antes de explicar, é necessário apontar outra grande diferença: a sua origem, completamente diferente do que é visto na série. Zebediah Killgrave era soviético, originalmente um espião, uma característica típica de vilões da Marvel criados durante o período da Guerra Fria. De acordo com as histórias, seus superiores o deram a missão de se infiltrar nos EUA, em um laboratório, onde existe um gás experimental que a União Soviética usaria. Killgrave havia recebido ordens para roubar a substância, se não fosse por um grande problema. Acontece que haviam descoberto a armação, e atiraram contra o vilão. O tiro não o atingiu, mas acertou o recipiente do gás em cheio. A substância caiu sobre Killgrave, dando à sua pela a coloração roxa.
   Aparentemente, havia sido a única coisa que ele herdou do acidente, até que ele começou a perceber que o gás experimental o deu a habilidade de controlar as mentes das pessoas, fazendo-as seguir sua vontade. Isso começou após a prisão em flagrante do personagem, que contou uma história desesperada, implorando para ser libertado, e assim foi feito. Os guardas o libertaram apenas quando o prisioneiro desejou sair. Daí em diante, passou a ser conhecido como Purple man, dando início a uma onda de crimes, dando muita dor de cabeça para os super-heróis, começando pelo Demolidor, e indo em diante.



   O que mudou em sua caracterização na série? Ele não tem pele roxa (apesar das referências) e ao invés disso costuma vestir trajes sociais, em sua maioria de coloração roxa, fazendo referência às HQs.. Nesta versão, Kilgrave é britânico, e seu nome verdadeiro é Kevin Thompson. Ele adquiriu seus poderes ainda criança, quando foi submetidos a experimentos psiquiátricos pelos próprios pais. Cruel? Acontece que o garoto, ainda com dez anos, tinha uma doença que iria matá-lo logo, logo. Então, uma nova substância foi testada em seu organismo, aparentemente para salvar sua vida e, adivinha? O “remédio” o deu as habilidades de controle mental, que em estágio inicial foi uma tortura para Kevin. Até que ele conseguiu fazer os médicos pararem de submeter o rapaz para mais testes.
  Além disso, ele é realmente um psicopata, vale ressaltar. Ele jamais sujou as mãos de sangue, e nem precisa disso para matar alguém. Ele é capaz de mandar alguém cometer suicídio (da pior forma possível), e a vítima segue sua vontade cegamente, como uma marionete. Isso acontece com muitos durante a série da Netflix, incluindo sua própria mãe (ele ordena que ela esfaqueie a si mesma), por motivos que são explicados em Marvel – Jessica Jones. Por que tantas pessoas tiveram que morrer simplesmente pela vontade de Kilgrave? Acontece que Jessica Jones chega ao ponto de estar imune ao seu controle, um fato que irrita o vilão, que é obcecado por ela. Ele faz tudo para “provocar” a ex-vigilante, almejando ter novamente o controle de sua vida.



  Ele é bem malvado, não é? Devo admitir que, de todos os vilões que a Marvel apresentou, este foi o primeiro que consegui odiar completamente. Kilgrave é do tipo bem manipulador e perverso, o que o faz ser considerado extremamente perigoso. Mesmo não tendo o reconhecimento de um Duende Verde, ele tem lá sua importância e garante seu lugar entre os mais poderosos da companhia. E se ainda tem dúvidas, SIM, ele é capaz de deixar nossos HERÓIS INDEFESOS!



Espalhe a ideia, comente com os amigos! Compartilhe o que é bom!



Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com


João Ferreira: O João sempre foi fanático por cinema. Heróis, suspense e História são as suas maiores paixões. Sempre ligado no mundo das telonas, é responsável pela parte crítica e reviews do universo cinematográfico do NerdSpeaking, além de apontar as suas curiosas diversidades. João Ferreira também é muito bem informado sobre o universo do terror, acompanhando sempre tudo o que é de novo nele, tanto em séries quanto em filmes. Desde muito novo, assistia grandes clássicos do mundo da Nerdice, o que o influenciou bastante para ser o nerd que é hoje!

Game preferido: Dragon Ball Z Budokai Tenkaichi 3
Livro preferido: O Código da Vinci
Filme preferido: Os miseráveis
Série predileta: American Horror Story
Instagram: JoaoFerreira004
Twitter: @joaoferreirans


Nenhum comentário:

Postar um comentário

\O/ NERD FAZ TEXTÃO!! \O/