04/03/2016

A Liga dos Ex-namorados do mal! - João F.

Heróis Indefesos: A liga dos ex-namorados do mal.
 


 Estamos aqui para falar de um grupo de vilões bem... Incomum. Quando digo incomum, quero dizer que esse time do mal não precisa ser um Sexteto Sinistro para destruir geral. Scott Pilgrim não é tão conhecido quanto os heróis da Marvel ou da DC, mas sua história merece todo destaque, assim como os seus antagonistas. Liderados pelo malvado e misterioso Gideon Gordon Graves, o grupo é conhecido como A LIGA DOS EX-NAMORADOS DO MAL, e eles se uniram por um motivo e objetivo em comum, que irá afetar a vida do jovem Scott.


 Para quem não o conhece, Scott Pilgrim foi criado por Bryan Lee O’Malley em 2004, e a cada ano foi lançada uma edição da saga do personagem, em quadrinhos. A história se passa em um mundo surreal, sendo similar ao universo dos games. O jovem se apaixona pela bela e misteriosa Ramona Flowers, e eles começam um namoro. O problema tem início quando Scott é informado que terá que lutar os Sete ex-namorados de Ramona. Cada um deles possui um super-poder. Aqui estão eles:

Matthew Patel, um cara estilo punk cujo estilo de roupa é similar ao de um pirata. Afinal, segundo ele “Os piratas estão na moda”. Possui poderes místicos.





















Lucas Lee, um ator famoso por estrelar muitos filmes de ação, também sendo um skatista profissional. Sua força também merece destaque, quase derrotando o Scott facilmente.
















Todd Ingram, o baixista da famosa banda Crash at Demonhead, cuja vocalista é a Ex-Namorada de Scott. É um vegano, não podendo ingerir nenhum tipo de carne ou leite, mas possui poderes incríveis, como a levitação de objetos, leitura de mentes e uma força incrível.
















Roxy Richter, a única mulher do grupo. Já teve um relacionamento com Ramona no passado, mas sua ex-parceira considera isso apenas como uma fase. Com seu estilo punk e rock pesado, se torna uma poderosa adversária para Pilgrim.















Ken Katayenagi e Kyle Katayenagi são gêmeos extremamente malignos. Nas HQs, eles seqüestram Kim (amiga de Scott), atraindo nosso herói para uma emboscada. Já no filme, os dois formam uma banda que compete com o SEX BOMB-OMB, a banda de Scott, Kim, Stephen e Neil, em uma batalha de bandas épica.








Gideon Gordon Graves é o responsável por reunir os vilões. Rico empresário, ele é o mais poderoso e esperto dos Ex-Namorados do Mal. Se tornou obsessivo por Ramona e fará de tudo para tê-la de volta. O confronto de Scott com o chefão será provavelmente a coisa mais difícil que o jovem irá enfrentar na vida.
 














 O filme inteiro é mostrado como uma simulação de elementos de jogos eletrônicos no mundo real, e é baseado em uma história em quadrinhos bem fora do comum. Scott Pilgrim é mais puxado para a comédia romântica, tendo como principais adversários os maléficos “Ex” de sua amada. Isso é uma alusão ao que acontece na nossa realidade, quando o andamento de um novo relacionamento para duas pessoas é interrompido pelos famosos “Ex”, que de alguma forma conseguem permanecer na memória da pessoa. Além disso, temos bastante diversão nas lutas, com referências a jogos eletrônicos, mostrando ser um elemento nostálgico.
 Quanto aos atores que os interpretam, temos aqui dois nomes que merecem destaque. Chris Evans (sim, o nosso Capitão América) interpreta Lucas Lee, o segundo adversário de Scott, que em seguida enfrenta Todd Ingram, interpretado por ninguém menos que Brandon Routh (o Clark Kent em Superman Returns e, atualmente o Ray Palmer de “Arrow”). Estes são apenas dois em um time de sete integrantes, então esperem bastante pancadaria.
 Gideon criou a Liga com o objetivo de “controlar” a vida amorosa de Ramona, unindo mais seis ex-namorados da garota. Ele é o “chefão” da história, sendo bastante manipulador e surpreendentemente forte. Nas HQs, ele é uma pessoa bastante arrogante e bem mais cruel, o que ocorre de forma diferente no filme. Neste, por sua vez, o “G-Man” utiliza mais a falsidade e seu jeito irônico para conseguir o que quer, mas ainda assim ele não perdeu sua obsessão com Ramona, um fato que não podia ter sido deixado de lado na adaptação cinematográfica.
 Ah! Deixei escapar um detalhe: Quando Scott “destrói” seus oponentes, literalmente o nosso herói ganha bônus, o que geralmente se resume na clássica recompensa monetária, mas pode acabar gerando “uma vida” (sim, a chance da ressurreição). Uma história bem maluca, mas garanto que vale a pena ser assistida (ou lida).


Espalhe a ideia, comente com os amigos! Compartilhe o que é bom!


Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

\O/ NERD FAZ TEXTÃO!! \O/