11/05/2015

Assassin's Creed: Origins Capt.1 - Por Thiago Magno



Hey pessoas, beleza? Hoje o Thiago traz para o NerdSpeaking sua nova fan-fic, baseada no universo de Assassin's Creed! Se você é fã da saga dos games, ou é simpatizante de AC, ou simplesmente não conhece, eis aqui o que você precisa! Confiram.


Minha Katana, numa mão e a lâmina oculta na outra. Tudo estava em chamas ao meu redor. Meu irmão me encarava com sangue escorrendo na lateral de sua testa, ali estava o corte que eu lhe causei. Um confronto entre Assassinos.
Eu parti para cima dele com tudo que eu podia, eu só queria o necessário para mudar o mundo.
Meu nome é Darius Macarian, eu sou um Assassino seguidor da ordem de Altair. Eu vou contar-lhes minha história do começo.
...


Sou um Assassino da Ordem, posso morrer por estar fazendo esse relato, mas vocês precisam saber a verdade.
Tudo começou quando fui enviado para o Canadá, dois anos depois da morte de Desmond Miles. Seu pai desapareceu e fui um dos enviados para encontrar o paradeiro dele, junto ao meu irmão Daniel. Os Assassinos em todos os lugares do mundo receberam um vídeo perdido há dias atrás sobre Shay Cormac, um traidor. Isso afetou a Ordem, deixou muitos Assassinos tendo dúvidas e perguntas. Os superiores ficaram preocupados. Eu não fui um deles, sabia o que estava fazendo e confio na Ordem. Não vai ser um Templário de merda que vai atrapalhar meus objetivos.
Estávamos no carro, meu irmão no lugar do volante e eu no acento ao seu lado. Ele observava a rua, seu rosto lembrava o meu, porém ele tinha barba. Seu nariz era um tanto grande, seus cabelos penteados para trás e "lambidos", também tinha olhos escuros. Suas vestes eram uma roupa cinza social com um capuz por baixo. Ele averiguava a rua segurando forte o volante.
Eu era mais folgado e mais desatento, tinha o cabelo mais rebelde, não gostava de barba, meus olhos eram idênticos aos dele, mas minhas vestes eram diferentes um casaco negro de capuz junto a vários equipamentos. Não sei o que falar sobre o meu nariz...
A noite era fria.
- Então? – Perguntei ao meu irmão.
- Nada. – Ele respondeu, frio como sempre.
Revirei os olhos.
Alguém surgiu na calçada, um homem com cabelos castanhos, magro e um tanto alto. Tinha óculos e um casaco cinza. Ele olhava para os lados, preocupado com algo. Então como se soubesse que estávamos no carro, e quem somos nós, ele acenou várias vezes. Meu irmão reparou a ação do homem e juntos descemos do carro.

As ruas de Montréal eram geladas, ainda bem que estava completamente coberto por roupas. Caminhamos até ele.
- Maldita Rebeca! Odeia aquela mulher! – Falou assim que nos viu. – Até parece que eu tenho cara de ficar me esgueirando por aí as noites! Hump!
- Quem é você? – Meu irmão foi direto.
- Oh sim! Meu nome é Shaun Hastings, o mais brilhante gênio que vocês vão ver em todas as suas vidas. E é claro... um Assassino.
Meu irmão se surpreendeu.
- O que você quer? – Perguntei.
- Desmond Miles está vivo... – Ele respondeu.
Um helicóptero começou a sobrevoar bem acima de nós. A luz clara que apontavam para nós quase me cegava.
Pude olhar para um ser mascarado bem na porta do veículo aéreo. Ele apontava um rifle de precisão. Empurrei o meu irmão e o Shaun e me joguei. Errou o primeiro disparo. No tempo de recarga, corri até o Shaun e o segurei pela camisa, arrastando-o pelos becos mais próximos. Pude sentir os disparos se chocando contra as paredes. Ao olhar para frente...
ME ESBARREI EM ALGUÉM.
Era o meu irmão.
- Fico com o Shaun, darei proteção, despista o helicóptero! – Ele gritou.
Então escalei uma casa. Em seu telhado ajustei a lâmina oculta para a lâmina fantasma e disparei o primeiro tiro em seja lá quem estava segurando o rifle de precisão naquele helicóptero. A bala ricocheteou, mas ele notou minha presença e esqueceu o Shaun. O ser mascarado jogou uma corda no chão e desceu. Desci do telhado e ficamos frente a frente.
Ele vestia uma armadura como se fosse um personagem de quadrinhos. Sua máscara era negra e cobria todo o rosto. Ele sacou uma pistola. Eu saquei minha katana curta.
- Assassinos... sempre a moda antiga! – Disso o ser com uma voz de homem.
- Quem é você?! – Gritei.
- Eu sou Otso Berg! O seu carrasco!
- Um caçador... – Sussurrei.
Ele atirou, me esquivei e corri. Chutei sua perna e encravei a katana em seu ombro.
Me afastei dele e sorri.
O único problema foi que senti a bala me atravessando no mesmo momento em que escutei o barulho do disparo. Caí no chão apagando...
O caçador vinha ao meu encontro...




Original

 Eaí, gostou do post? Quer mais posts como este? Deixe-nos saber! Comente!
Espalhe a ideia, comente com os amigos! Ajude-nos a compartilhar o nosso trabalho!



Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com



Thiago Magno:  Desde de jovem o Thiago começou a escrever suas histórias em uma antiga máquina de escrever, guardada pelos seus pais. Desde então começou a criar várias histórias, ingressando no poderoso mundo da escrita. The ONE foi o seu primeiro livro, no qual passou três anos montando o universo. No NerdSpeaking, é o cara que escreve sobre games, HQs e livros, itens estes que já fazem parte de sua vida.

Habilidades e virtudes: - Nerd - Editor - Escritor - Livros - HQs - Ator - Games - História - Roteirista - Refri de Guaraná - Filmes de ação -


Game preferido: Assassin's Creed(saga)
Livro preferido: Os Heróis do Olimpo
Filme preferido: Batman: The Dark Knight
Série predileta: The Flash

Twitter: @ThiTheOne
Instagram: ThiTheOneBook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\O/ NERD FAZ TEXTÃO!! \O/