06/04/2016

Heróis Indefesos #8 - Ozymandias - João F.


Salve Salve! Trago hoje a análise de um personagem que é classificado oficialmente como vilão. Porém, para muitos, ele foi um herói que utilizou meios maquiavélicos para conseguir chegar à paz mundial. Direto do mundo paralelo de Watchmen, onde seu alter-ego, Adrian Veidt, é considerado o homem mais inteligente do mundo, também conhecido por seu passado heróico. Ozymandias está aqui, proveniente de um universo paralelo da história, na década de 1980. Confiram!



 Nascido no ano de 1939 (no filme, em 1950), Adrian Veidt teve grande destaque no período escolar, devido a sua alta inteligência notada. No entanto, quando tinha 17 anos, seus pais morreram, e ele acabou herdando toda a fortuna substancial dos mesmos. Porém, Veidt optou por doar toda a quantia para a caridade. Após embarcar em uma jornada pelo Mediterrâneo, na Ásia Menor (a antiga Pérsia), onde faz a mesma rota que o seu ídolo de infância – Alexandre, O Grande – fez, ele decide se tornar um super-herói, ao voltar para seu país, adotando o nome “Ozymandias”, que era um apelido dado ao faraó Ramsés II.
 Durante seu período como super-herói, Adrian percebe que está desviando cada vez mais dos seus ideais de salvar o mundo, especialmente quando se dá conta de que o mundo está sob ameaça de guerra nuclear entre as duas superpotências (Estados Unidos e União Soviética), e que os Vigilantes não podiam impedir. Quando o Comediante, um membro do grupo de heróis, o faz perceber isso, Veidt se aposenta da vida heróica, dois anos antes da lei que aposentou todos os super-heróis daquele tempo foi aprovada pelo então presidente Nixon. Tal medida do governo foi chamada de “Lei Keene”, e agir como vigilante mascarado em solo americano seria considerado um crime, colocada em prática no ano de 1975.


 Com sua identidade revelada e aproveitando-se de sua vida dupla, Adrian comercializou sua imagem e ganhou muito dinheiro, chegando a se tornar dono de uma das indústrias mais ricas do planeta. Com isso, ele passou a investir toda a sua fortuna em métodos para tentar salvar o mundo de uma guerra que poderia destruir a humanidade. Aí é onde entra os métodos escritos por Nicolau Maquiavel, quando o herói aposentado passa a partir do famoso método “Os fins justificam os meios”. Secretamente, ele inicia os estudos sobre o também herói aposentado, Dr. Manhattan, que possuía a imortalidade, além dos dons extraordinários. Aproveitando-se do passado trágico do físico nuclear, Ozymandias “bloqueia” a sua visão sobre o futuro. Ele realiza explosões nucleares em várias cidades do mundo, matando milhões, e a fonte de energia aparenta ser proveniente dos poderes do Dr. Manhattan. Mas, na verdade, tudo não passa de uma utopia de Adrian Veidt: “Matando milhões para salvar bilhões”. Com a morte de boa parte da população e a indignação com a potência dos poderes do alter-ego de Jon Osterman, a União Soviética percebe que não existe mais razão para uma guerra, e Nixon declara que todos estão unidos diante da recuperação do país. Mesmo não sendo o verdadeiro culpado, Manhattan concorda com os atos do vilão, ao ver que os tempos de paz chegaram após a tempestade.


 Portanto, encerro a matéria afirmando que Ozymandias foi um dos vilões mais importantes das histórias em quadrinhos e sua aparição no filme de 2009 (Watchmen- o filme), onde é interpretado brilhantemente por Matthew Goode, é considerada um marco no mundo fantástico. A incrível agilidade e força do vilão também contribuem para que seja um dos mais poderosos que existem, mesmo sendo apenas um homem, abaixo da fantasia. Apesar de seus métodos maquiavélicos tendo custado a vida de milhões, ele foi considerado um herói, por ter salvado o mundo de algo muito pior: uma guerra nuclear. Seu uniforme nos quadrinhos é totalmente diferente do que aparece no filme, o que foi positivo, em minha opinião. Vale ressaltar que este foi o mais complexo vilão de ser abordado no bloco Heróis Indefesos, até agora. Por este e por outros motivos, Ozymandias é sim capaz de deixar os nossos HERÓIS INDEFESOS! Espero que tenham gostado! 
                                                                                
 Espalhe a ideia, comente com os amigos! Compartilhe o que é bom!


Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você acha? Comenta aí!