03/08/2015

Os Jogos que viraram livros! - Thiago M.




                Ah! Aqui temos o crossover entre o maravilhoso mundo dos games e o incrível mundo dos livros. Olá pessoal, aqui é o Thiago e sejam bem-vindos para mais um post. Desta vez trarei um assunto que tanto amo, já que amo os jogos e amo os livros, e amo ainda mais os dois juntos (como por exemplo, uma das minhas franquias de livros favorita é Assassin's Creed). Fiquei tão empolgado quando tive ideias para escrever essa matéria, que queria citar TODOS os jogos que viraram livros do mundo, mas eu passaria a vida escrevendo. Uns fizeram sucesso, outros não tiveram a mesma sorte.


                O universo da literatura é famoso por nos levar para dentro de um mundo onde nós temos a liberdade de imaginar as coisas como bem entenderemos. Como assim, Thiago? Bom, se eu descrevo em um de meus livros: "o presidente vestia um terno caro e escuro, sua face tinha várias dobras, tinha um olhar cansado, pele clara e um cabelo para trás." A partir daí você vai passar a imaginar tudo o que eu descrever, e a liberdade é... você pode ver o Kevin Spacey, ou quem você achar que caberia bem nessa descrição, ou qualquer outra coisa. Isso vária de leitor a leitor. No mundo dos games não temos liberdade de imaginar assim (tirando os indies, e olhe lá), os personagens já estão ali, o mundo já está ali. Entretanto no mundo dos jogos temos algo que "vence" os filmes e livros, os games tem o poder de nos fazer ser um personagem, dentro daquele mundo, e fazer várias escolhas para resultar em um final. Não estamos vendo ou lendo algo linear, estamos vivendo um mundo onde se eu entrar na casa de alguém no Skyrim e roubar, eu serei preso, serei odiado naquela vila. Um mundo em que, como Infamous, posso escolher ser o vilão ou o herói. São histórias maravilhosas em que temos a liberdade de vivê-las. Eis que acontece a fusão: Liberdade de imaginar e liberdade de vivenciar, juntos formaram os jogos que viraram livros. Dois universos incríveis juntos, e que em muito dos casos trabalham bem. Antes de mais nada, você que pensa "para que eu vou ler o livro, se eu já joguei o jogo?" Quero que saiba que que o modo de narrativa é diferente, além de que muitas vezes o livro conta muito além do jogo, como por exemplo: Gears of War, Assassin's Creed, Warcraft, God of War, Halo e diversos outros.

                Escolhi os melhores para destacar para vocês:
               

Assassin's Creed 



                Conhecido por ser a melhor franquia de livros baseado em um jogo. Escrito per Oliver Bowden (pseudônimo), cada livro tem seu lançamento simultâneo com o jogo, mais ou menos "cada jogo, cada livro". Aqui no Brasil é distribuído pela Galera Record, e tem uma boa tradução. A narrativa de Bowden é gostosa de se ler, há momentos em que não está acontecendo nada, mas o livro te prende de qualquer forma, vemos muito disso no Revelações. Um dos pontos fracos do livro é a ausência do Desmond (personagem que representa o presente nos jogos), mas isso até que faz sentido. Os livros mostram coisas além dos jogos, isso cresce a cada vez mais, fica em seu ápice no Renegado (livro baseado em Assassin's Creed 3) onde temos a visão de outro personagem, e vemos o "outro lado da moeda", o Bandeira Negra conta toda a história do Edward, como ele se tornou um pirata e além disso, no Unity temos a visão da Elise, mostrando novamente o outro lado, e por aí vai. Até para quem nunca jogou os jogos o livro é recomendado, a leitura é muito boa. Acredito que o objetivo inicial dos livros era atingir um público que os jogos não atingiam, e conseguiu, aliais, conseguiu atingir os dois.

God of War



                Uma franquia de livros baseada na trilogia principal dos games God of War. Escrito por Matthew Stover e Robert E. Varderman, e nos demais livros lançados há uma mudança nos escritores. God of War tem uma narrativa pesada e sangrenta, assim como o jogo. Não há muito o que falar sobre esses livros, além de que não é recomendado para quem não é fã. O livro narra fielmente os passos do Kratos, o protagonista, o que acaba muitas vezes monótono. As melhores partes são quando vemos o Olimpo e o que acontece lá dentro, explicando o motivo dos deuses ajudarem Kratos a matar Ares, o deus da guerra. No segundo livro vemos as Parcas dialogando e discutindo sobre o destino do protagonista, e mais uma vez o Olimpo e uma visão de Atena sobre o ódio do pai. O livro vendeu bem graças ao peso que o nome da franquia tem. Se você é fã, leia, mas se não é, nem encoste. Aqui no Brasil foi distribuído pela Editora Leya.

Halo


                Uma série de livros baseada na maior saga de games do mundo, Halo. Já foram lançados diversos livros explicando o vasto universo do jogo de diversos pontos de vista. Cada um melhor que o outro, alguns narram o ataque a Reach, a ascensão do Flood, várias coisas sobre o projeto Spartan 2, e MUITAS outras coisas. Deixando já bem claro, o universo de Halo é gigante a nível Tolkien (claro, não é maior que o universo "Terra-média", mas é grande). Alguns livros nem foram lançados aqui no Brasil, já que a popularidade do jogo não era grande aqui, e vem crescendo agora. Os mais recentes livros lançados, até o lançamento deste post, são a trilogia da Saga Forerunners. Essa trilogia é dividida entre Cryptum, Primordium e Silentium, cada livro narra de uma visão diferente, a Saga dos Forerunners e o fim dela. A última trilogia foi escrita por Greg Bear, autor vencedor dos prêmios Hugo e Nebula, escreveu mais de trinta livros, e é considerado pela "The ultimate Encyclopedia of Science Ficticion" o melhor escritor de ficção cientifica Hard. Com o talento de Bear, o ar que o livro passa é incrível, muitas vezes temos a impressão de estar lendo algo a nível Senhor dos Anéis. Mas há um ponto fraco nos livros de Halo em geral, se você não jogou o jogo, ou jogou e não entendeu nada da história pode ir deixando os livros de lado, você não vai entender nada. Se você jogou, entendeu, e gostou, ou se diz fã, esses livros são obrigatórios. A última trilogia foi distribuída aqui no Brasil pela Editora Planeta.

Gears of War

                Gears of War possuí cinco livros publicados lá fora, mas aqui no Brasil foram publicados, até então, dois livros. O primeiro na ordem cronológica seria "Slab: A prisão" que narra os eventos antes do primeiro game, como Marcus é preso, por que, e etc. O segundo da ordem cronológica é "Fim da Coalização" que narra os eventos após a queda de Jacinto do segundo jogo e antes do início do terceiro game, a ascensão dos Lambets, o ressurgimento dos Locusts, o fim da COG e a fuga de Prescot. Como o primeiro livro é um prelúdio de tudo, e contém de índice a linha do tempo dos eventos de Sera, resumindo até mesmo a guerra do Pendulo, poderia ser lido por alguém que nunca jogou o jogo. Já o segundo livro é recomendado que apenas os fãs lessem, apesar de ter a linha do tempo também. Os livros foram escritos por Karen Traviss, uma autora inglesa especializada em games, cujo os livros entraram como "best sellers" (eu duvido que alguém não saiba o que é isso, mas vou explicar, best seller, é uma classificação e premiação dada para um livro que atingiu um número alto de vendas). Traviss já escreveu sagas como Star Wars, criando até uma linguagem própria para Clones da República, Halo, Wess'Har, além disso ela escreveu peças teatrais e quadrinhos. A narrativa que ela dá a Gears of War é pesada, detalhista, com pensamentos profundos dos personagens, além de uma linguagem pesada e recheada de palavrões (estilo do jogo). Os livros são muito bons, e não é à toa que se tornaram best sellers. Os livros foram distribuídos aqui pela Editora Única.

Warcraft



                Warcraft possui uma série de livros baseadas no amplo universo dos games. Muitos dos livros narram os eventos que levaram as expansões do jogo. O livro mais famoso e mais comentado entre os leitores é "Marés da Guerra", escrito por Christie Golden. É recomendado para quem é fã do universo de Warcraft, e para quem não é, vai ficar sem entender lhufas do que está lendo. A narrativa é muito boa, ao estilo "antigo", os eventos acontecem lentamente, abrindo espaço para detalhes. A maioria dos livros de Warcraft foram distribuídos aqui no Brasil pela Galera Record.

                Bom, esses foram os que li e os que pude trazer uma análise precisa para vocês, mas também não esqueci de outros. Então com menções honrosas, trarei uma lista.

- Bioshock - Doom- StarCraft- Resident Evil- Splinter Cell- Diablo- Battlefield- Uncharted -

     
 E aí, gostou do post? Faltou algum jogo? Quer mais posts assim? Deixe-nos saber! Avalie!
Dúvidas, sugestões e críticas, enviem para o nosso e-mail, nerdspeaking@gmail.com
Espalhe a ideia, comente com os amigos! Compartilhe o que é bom!



Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com



Thiago Magno:  Desde de jovem o Thiago começou a escrever suas histórias em uma antiga máquina de escrever, guardada pelos seus pais. Desde então começou a criar várias histórias, ingressando no poderoso mundo da escrita. The ONE foi o seu primeiro livro, no qual passou três anos montando o universo. No NerdSpeaking, é o cara que escreve sobre games, HQs e livros, itens estes que já fazem parte de sua vida.
Habilidades e virtudes: - Nerd - Editor - Escritor - Livros - HQs - Ator - Games - História - Roteirista - Refri de Guaraná - Filmes de ação -


Game preferido: Assassin's Creed(saga)
Livro preferido: Os Heróis do Olimpo
Filme preferido: Batman: The Dark Knight
Série predileta: The Flash
Twitter: @ThiTheOne
Instagram: ThiTheOneBook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\O/ NERD FAZ TEXTÃO!! \O/