24/06/2015

Batman Arkham Knight: Primeiras impressões! - Por Thiago





                Primeiramente devo dizer que isso aqui não é uma análise, e sim uma opinião das primeiras impressões do jogo, escrita depois de duas horas de jogatina e no lançamento do jogo. Mesmo assim, tentarei trazer o máximo de informações externas possíveis do jogo (com os limites de informações que temos no lançamento do jogo)



Para que você tenha um melhor aproveitamento desta postagem, clique aqui e ouça a nossa indicação musical!

                Batman Arkham Knight é o último jogo da saga Arkham, produzido pela Rocksteady e distribuído pela Warner Bros, lançado esta terça-feira (23/06/2015) para PS4, XONE e PC. Vale lembrar que o desempenho de cada plataforma está diferente. No PS4 temos o jogo rodando em 1080p, enquanto no XONE temos 900p, e no PC... bem meus amigos... o jogo não sai dos 30fps, mal otimizado e com problemas ridículos. Breve falarei mais sobre o desempenho de cada plataforma. Vamos as primeiras impressões.


                Jogo foda. Só isso mesmo. Espero que tenham gostado do post, comentem e se possível... brincadeira! O jogo é incrível, cada sequência de cena me deixava boquiaberto, cada habilidade adquirida com o decorrer do gameplay era impressionante. Joguei no XONE, e percebi a diferença nos movimentos, estão mais fluídos e fáceis, com vários pequenos detalhes alterados. Alguns botões e comandos foram mudados também, mas coisa leve. De início temos uma intro incrível com o Coringa sendo cremado (que depois foi revelado que foi pelo comissário Gordon), logo após isso, a cena muda para um policial comum onde jogamos alguns minutos com ele até encontrarmos o espantalho dando uma tragada num mato (brincadeira, só estava fumando) na lanchonete. Depois de soltar o gás do medo em todos da lanchonete (não, ele não peidou), a cena muda com o espantalho dando um aviso à público, "Gotham irá perecer", os cidadãos correm como se não houvesse amanhã, até porque não iria ter. Ghotam City, em menos de 24 horas foi evacuada (coisa que o Jack Bauer conseguiria em uma temporada). Então a épica narração do Gordon acaba dizendo que um único homem poderia ajudá-los, e como eu estava na cozinha batendo um sarro, esse homem só poderia ser o Batman. Vale ressaltar que nessa narração o Gordon diz "Essa é a história da morte do Batman" ou coisa do tipo, parte em que me arrepiei. Depois assumimos o comando com o Batman, que já parte para o serviço.

  Como o jogo acabou de lançar, irei parar com a história por aqui, mas vamos ao gameplay. Antes de começar com a história falei um pouco da jogabilidade, mas não falei dos dois elementos principais da gameplay... O batmóvel e o novo traje! Cara, dá para ver a atenção que eles deram à essas coisas, o Batmóvel está muito agradável de se controlar (demora para pegar a manha), além de um modo de combate que se parece muito com o de Transformers (saga Cybertron), mas apenas se parece, não é igual. Você anseia por dirigir o batmóvel, você se vicia naquela coisa, além de ser muito importante no gameplay, nas missões secundárias e principais. O novo traje nos traz uma resistência melhorada (explicado por Lúcios Fox, que possui três camadas de Titânio revestido) e dobras que proporcionam uma maior movimentação, fazendo com que o Batman acerte vários inimigos armados em dez segundos, ou menos. Também nos traz uma jogada de planar bem melhor e veloz, assim como o novo rapel. Tá ok, uma porrada de novas coisas legais.


                Toda a interface do jogo foi mudada, de menu e HUD até seleção de equipamentos, o que falar dos gráficos? Lindos, incríveis, surpreendentes. A chuva molhando o Batman e tudo ao seu redor é lindo, além de sua interação com os efeitos de iluminação. A dublagem em inglês é ótima, com os clássicos dubladores. A de português está boa também, quase todos os personagens foram dublados pelos dubladores da Trilogia do Nolan (em PT, é claro), e do seu antecessor, o Arkham Origins, outros personagens como Lúcios Fox tiveram a voz diferente dos filmes. Também temos a trilha sonora, que pelo pouco que pude ouvir já digo que é a melhor de toda a saga. Linda, épica e te emociona, deixando muitas vezes na tensão que o jogo te traz, Nick Arundel e David Buckley  são seus responsáveis.


               Certo, hora dos problemas. Nos consoles quase nenhum. No PC... mano do céu... que desgraça é essa? Primeiramente temos a travada de 30fps que dali não saí (se você, jogador do PC quer resolver, aqui vai a dica do Thiago, dica um: espere uma atualização, dica dois: vai na pasta de instalação e procura "\BmGame\Config\BmSystemSettings.ini", abre o ficheiro de configuração e vai em "Max_FPS=30", altera isso pra "Max_FPS=9999", isso vai resolver o problema dos fps, mas não de otimização), depois temos os problemas graves de otimização e performance. Isso aconteceu com MK10, e pelo mesmo motivo... produtora secundária. Os problemas vêm maiores em placas da AMD, já que abusa da última atualização lançada. A produtora responsável pela versão de PC do game foi a Iron Galaxy Studios. A Tia Rocks está trabalhando em uma atualização para consertar isso. Caro amigo da Steam, pare de encher a page do game de reclamações culpando a Rocksteady, a culpa não foi dela.

              
  MAAAASSSS no mundinho dos consoles está tudo bem e maravilhoso, o jogo saiu e está fresquinho. Vai lá e compra, joga que vale muito apena! O Nerdspeaking recomenda! É isso aí mi amigos, fiquem agora com o trailer de lançamento, depois de ver corram para comprar. Um grande hug no core, e até a próxima!



Trailer de Lançamento







Orignal video game score (OST – Trilha sonora)


Espalhe a ideia, comente com os amigos! Compartilhe o que é bom!



Twitter: @oNerdSpeaking
Instagram: NerdSpeaking
SoundCloud: Nerd-Speaking
Facebook: NerdSpeaking
 E-mail: nerdspeaking@gmail.com



Thiago Magno:  Desde de jovem o Thiago começou a escrever suas histórias em uma antiga máquina de escrever, guardada pelos seus pais. Desde então começou a criar várias histórias, ingressando no poderoso mundo da escrita. The ONE foi o seu primeiro livro, no qual passou três anos montando o universo. No NerdSpeaking, é o cara que escreve sobre games, HQs e livros, itens estes que já fazem parte de sua vida.
Habilidades e virtudes: - Nerd - Editor - Escritor - Livros - HQs - Ator - Games - História - Roteirista - Refri de Guaraná - Filmes de ação -


Game preferido: Assassin's Creed(saga)
Livro preferido: Os Heróis do Olimpo
Filme preferido: Batman: The Dark Knight
Série predileta: The Flash
Twitter: @ThiTheOne
Instagram: ThiTheOneBook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

\O/ NERD FAZ TEXTÃO!! \O/